MARADONA DEIXA O COMANDO DO GIMNASIA

  • 20/11/2019
  • 0 Comentário(s)

MARADONA DEIXA O COMANDO DO GIMNASIA

Diego Armando Maradona já não é mais técnico do Gimnasia. O maior jogador argentino acabou pedindo para sair do Gimnasia, juntamente com o atual presidente, Pellegrino. Como não houve nenhum acerto na politica do clube para a continuidade de Pellegrino na presidência, novas eleições aconteceram no clube de La Plata e nenhum dos candidatos se demostrou a feição para a continuidade de Maradona no comando técnico. 

Em 1995, quando Maradona comandou o Racing, uma situação semelhante aconteceu do, presidente que o contratou ter saído e ele acabou optando por sair juntamente com quem o contratou

Com Maradona, deixam o clube também os membros de sua comissão técnica. No domingo, contra o Arsenal, Martini-Messera comanda a equipe. Maradona sequer voltou ao clube. Na terça-feira, o técnico já não comandou a equipe
Abaixo, um pouco do que disse o atual presidente dos Lobos
"Ele nos deu mais tempo na busca de unidade (política no clube)", disse Pellegrino.
"Houve uma grande predisposição de Diego, que dependia mais de nós do que dos líderes. A unidade falhou. No sábado, há eleições e Maradona não segue", completou.
"Nós o convencemos a esperar um pouco mais. Ele e Gallego Méndez têm esse código que respeita o que dizem. Eles estavam dizendo que estavam saindo com aqueles que haviam chegado. Diego vinha todos os dias, Méndez trabalhava muito, ao lado de Diego. O que dissemos foi cumprido. Esperávamos que fosse mais longo, mas não aconteceu", acrescentou.
"A unidade é um pouco melhor para todos. A equipe está melhor, mas as coisas estavam faltando além do futebol. Se não conseguimos essa unidade ... Por que não nos apresentamos? Por não parecer uma quarta lista, a idéia era a unidade". .

"Não fizemos mal ao clube. Tivemos resultados ruins, mas trazer Maradona não foi fácil. Muitas pessoas compartilharam isso e não colocamos tantas pessoas na quadra por um tempo. Esta é uma comissão que pode andar silenciosamente na rua".

"A lealdade de Diego, o que ele falou e perguntou, mostrou por que Diego é o melhor que tivemos no futebol". finalizou o dirigente.

A carreira de Maradona como técnico

  • Textil Mandiyu (outubro de 1994 - dezembro de 1994)
  • Racing Club (janeiro de 1995 a março de 1995)
  • Argentina (outubro de 2008 - julho de 2010)
  • Al-Wasl (maio de 2011 - julho de 2012)
  • Al-Fujairah SC (maio de 2017 - abr 2018)
  • Dorados (set 2018 - jun 2019)
  • Gimnasia (set 2019 - nov 2019

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

Rodrigo Oliveira

PROGRAMAÇÃO RÁDIO FT

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Anunciantes