BRASIL NÃO DECEPCIONA, VENCE A ARGENTINA E GARANTE VAGA EM TÓQUIO 2020

  • 11/02/2020
  • 0 Comentário(s)

BRASIL NÃO DECEPCIONA, VENCE A ARGENTINA E GARANTE VAGA EM TÓQUIO 2020

Na primeira fase do Pré-Olímpico da Colômbia, que voltou a ser organizada pela Conmebol, o Brasil passou para o quadrangular final sem sustos e com 100% de aproveitamento. Terminou em primeiro no Grupo B com 12 pontos, 4 vitórias, 0 empate e 0 derrota. Se por um lado a situação dos brasileiros estava tranquila, o mesmo não podemos falar do Uruguai, que se classificou na bacia das almas; a Bolívia terminou com o mesmo número de pontos (6), mas o saldo de gols foi determinante para a continuação dos uruguaios e eliminação dos bolivianos no torneio.

Os integrantes da fase final foram Argentina, Brasil, Colômbia e Uruguai. Os argentinos fizeram uma ótima competição e terminaram como campeões, com quase 100% de aproveitamento. O time uruguaio, entre altos e baixos, conseguiu surpreender no fim, enquanto os colombianos, como anfitriões, se despediram sem vitória e com apenas um ponto na última colocação. O Brasil, por sua vez, resolveu garantir a classificação para a Olimpíada de Tóquio com aquela pitada de emoção e vencendo seu maior rival no futebol com uma grande atuação.

A meu ver, a Seleção Brasileira passou por um susto desnecessário, principalmente no primeiro jogo do quadrangular, que dava para ter vencido a Colômbia se não fosse os erros na defesa. Matheus Cunha, inteligente, resolveu acertar um chute fora da área para empatar o jogo em 1x1.

Na segunda partida, o time canarinho jogou muito abaixo do esperado e a defesa, que era para ter melhorado, só piorou. Nino e Bruno Fuchs muito mal na zaga; Iago mal na lateral-esquerda; Matheus Henrique e Pedrinho foram decepcionantes no meio-campo; goleiro Ivan falhou de maneira grotesca no gol da Celeste Olímpica e Antony foi o pior da partida. Somente Matheus Cunha, Paulinho e Pepê (entrou no decorrer do 2º tempo) se salvaram das críticas em outro empate que terminou 1x1. Com apenas 2 pontos, o momento ficou complicado, mas não ficou pior graças a vitória da Argentina diante da Seleção Colombiana por 2x1.

O Brasil seguiu vivo na última rodada, mas apenas a vitória interessava para garantir a ida para Tóquio. Empate ou derrota arruinaria tudo e eliminaria a possibilidade de disputar o bicampeonato olímpico. Ciente de que precisava fazer mudanças, Jardine mexeu na equipe: trocou Iago por Caio Henrique, Nino por Ricardo Graça e Antony por Reinier. Como resultado, essas substituições ajudaram demais em campo, ainda mais naquele instante difícil. Paulinho e Matheus Cunha, autores dos gols, foram os grandes destaques.

Os argentinos simplesmente não viram a cor da bola diante do maior rival, e mesmo campeões, o Brasil jogou água no chopp deles. O que antes era motivo de desespero, virou tranquilidade com a vitória de 3x0. Com a vaga carimbada no futebol masculino, a delegação brasileira conta agora com 170 atletas classificados para a Olimpíada, sendo 83 homens, 80 mulheres e 7 atletas do hipismo que, dependendo da convocação, podem ser homens ou mulheres.

Como o número de atletas pode aumentar nos próximos meses, fica desde já a torcida para o Time Brasil em Tóquio e que venham muitas medalhas para os nossos heróis olímpicos.

LETICIA WINCLER

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

Rádio FT

BANDEIRA QUADRICULADA

20:00 - 21:00
Rádio FT

BANDEIRA QUADRICULADA

20:00 - 21:00

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Anunciantes